História

A história do Haras Sete Léguas tem sua origem na fazenda Andrade, que foi adquirida no ano de 1989 pelo senhor Eli Cardoso de Sousa, tendo como principal atividade, a criação de gado de corte.

Em 1994 ele fundou o Haras Sete Léguas, voltado para a criação de Mangalarga Marchador, com a aquisição de um reprodutor originário do Estado do Rio de Janeiro, e mais 10 éguas registradas.

Como o seu fundador sempre foi um exímio apaixonado por muares, no ano 2000 o Haras Sete Léguas estendeu suas atividades, adquirindo o primeiro jumento PÊGA, em Lagoa Dourada, filho do famoso Barão de São Luiz.

A partir de então, dedicou-se também, à criação de muares e de jumentos PÊGA.

O Haras Sete Léguas tem como objetivo, trabalhar sempre com uma seleção rígida em qualidade de sela e raça, mantendo como meta, o objetivo inicial da criação, que hoje já se passaram mais de 23 anos selecionando animais cômodos e preparados para o trabalho. Hoje o nosso plantel conta com 150 animais, dentre asininos, equinos e muares.

O Haras Sete Léguas está localizado em Minas Gerais, precisamente no Alto Paranaíba, próximo à Patos de Minas. Todos os seus jumentos pêga, são classificados pela ABCJPêga na categoria POC (Puros de Origem Conhecida) e nossos equinos mangalarga marchador registrados.

Todos os ossos muares são registrados de maneira definitiva ainda no período de amamentação.

Free WordPress Themes, Free Android Games